quarta-feira, 29 de junho de 2016

O vestido






Quando resolvemos casar, uma das coisas que me deixou mais ~tensa~ foi o vestido. Tinha várias fotos salvas, muitos modelos que eu achava a coisa maaaais maravilhosa. Isso quer dizer que eu não tava assim muito focada.
Vestido longo, vestido curto, tomara-que-caia (de jeito nenhum! Era a única coisa que eu tinha CERTEZA que não queria)... Babado? Laço? Renda? Vixe...
E você fica ouvindo mil opiniões sobre como aquele vestido é a sua cara, ou como aquele modelo não ficaria bom em você. É complicado.

Depois de experimentar vários vestidos, vários modelos (e de quase ter um treco ao ouvir o valor do aluguel/compra), eu me toquei de que provavelmente eu não me encontraria procurando vestidos tradicionais, brancos... Lindos, mas que não tinham nada a ver comigo.
Foi aí que meu vestido surgiu: em uma loja de vestidos de festa, o único aqui em Campinas. Meu olho brilhou e eu souber que era aquele! <3


O difícil foi mostrar para as pessoas que aquela era a minha escolha. A minha dica é: todo mundo quer dar palpite, mas quem vai usar a roupa é VOCÊ. Então só você vai saber quando encontrar o vestido certo!
E não vai pensando que quando experimentar, vão tocar sininhos, você vai chorar horrores... Pode até ser que aconteça, mas não funciona assim pra todo mundo, fica tranquilona.

Pra te mostrar que eu não tô louca sozinha, fui atrás de postagens de outros blogs com noivas usando vestidos não tradicionais. Dá uma olhadinha aí:

Helô no post do blog A Noiva de Botas
Se quiser ver, meu casamento também tá por :)




Nenhum comentário:

Postar um comentário